Gatinha com deficiência abandonada em fazenda é acolhida por tutora e agora só quer ser feliz

PUBLICIDADE

Meses após ser resgatada, uma gatinha com deficiência encontrada ao lado do irmão em uma fazenda depois de ser abandonada por seus antigos donos, está vivendo ao máximo com sua nova família.

A felina foi achada na cavalariça de uma propriedade particular e miava muito em busca de ajuda.

A voluntária Anna Dickerson-Homan, uma voluntária da causa animal e tutora temporária de animais que

PUBLICIDADE

mora em Higgins Lake, Michigan (EUA), se dispôs a hospedar os irmãos em sua casa.

Na época, os dois gatinhos tinham cerca de 4 semanas de idade; a filhote fêmea nasceu com uma deficiência nas patas traseiras. Bem, ambos os filhotes estavam cheios de pulgas, sujos, desnutridos e desidratados; os gatinhos precisavam urgentemente de comida e atenção médica especial.

Depois de serem alimentados naquela noite e tomarem um banho, os dois irmãos se aninharam em sua nova cama e adormeceram em minutos.

PUBLICIDADE

O gatinho preto chamado Bart e a gatinha malhada Lisa nasceram com síndrome de Manx, o que significa que nasceram sem cauda e com defeitos na coluna vertebral. O caso de Lisa, entretanto, é mais grave.

Além disso, Lisa nasceu com as patas dianteiras dobradas e outras doenças que dificultavam uma vida normal, mas ela sempre estava de bom humor. Depois de uma boa noite de descanso, Lisa se dispôs a explorar a casa… Ela queria conhecer todos.

PUBLICIDADE

Aparentemente, a corajosa gatinha não ia deixar que nada a detivesse e era notável que ela estivesse disposta a ter uma vida muito feliz. Lisa continuou a viver sem preocupações, e aproveitou sua vida confortável ao lado de seu amado irmão, parecia que ela não tinha problemas.

Embora fosse pequena, ela não queria perder nenhuma das atividades diárias. Brincar é com ela mesma!

PUBLICIDADE

Algumas coisas eram difíceis para ela, como subir na cama, mas Lisa aprendeu a usar uma rampa e escalou como uma campeã. Dia após dia, a gatinha continuou a surpreender a todos com sua incrível atitude para com a vida e seu jeito fofo de amadurecer.

Com o devido cuidado veterinário, as patas de Lisa foram desatrofiando aos poucos, melhorando sua locomoção.

PUBLICIDADE

Lisa foi superando todos os obstáculos que a vida lhe colocava, e o melhor é que ela o fez com uma atitude tão positiva que foi contagiante.

" Ela é constantemente brincalhona, alegre e brilhante. Lisa é perfeitamente imperfeita e uma gatinha cognitivamente normal que só quer fazer coisas de gato", disse Anna.

Se você gostou deste artigo, por favor, deixe seu " LIKE"! Não se esqueça de compartilhá-lo com seus amigos!  Muito obrigada!

Siga a " Gato terapia" para trazer-lhe mais histórias emocionantes sobre gatos!

PUBLICIDADE

Comentário do usuário